Esporte em Destaque

Spinning

Não é todo mundo que pode andar de bicicleta pelas ruas admirando belas paisagens ou que tem paciência para aguentar a monotonia de pedalar em bicicletas ergométricas. Nas academias, uma alternativa para esse dilema são as aulas de Spinning, em que os alunos pedalam em uma bicicleta especial, como se participassem de uma corrida ao ar livre. A prática de Spinning detona calorias, melhora o fôlego e empolga. Um dos fatores de motivação no Spinning, senão o maior, são as músicas tocadas nas aulas. Além de incentivar os praticantes, determinam a cadência dos movimentos.

Realizada em grupo e guiada por um instrutor, a aula simula vários percursos em ambientes diferentes com variações de terreno, subidas, descidas e até saltos. Para cada "tipo de terreno", o aluno pode pedalar com o corpo em duas posições: sentado ou em pé. Ao longo das aulas são incrementadas também as cargas, tanto no plano quanto na simulação de uma subida, dificultando as pedaladas e forçando o condicionamento físico.

Mas quem pensa que o Spinning só trabalha os músculos das pernas e glúteos está muito enganado. Os movimentos incluem ainda três posições básicas para apoio das mãos, que ajudam a eliminar a fadiga dos ombros, cotovelos e punhos.

O Spinning é considerado uma atividade aeróbica, que ajuda na eliminação das gorduras, no aumento da massa muscular e na melhora a capacidade cardiorespiratória. É importante complementar essa atividade com exercícios de musculação ou ginástica localizada, trabalhando assim outras partes do corpo.

Alongamento antes e depois do exercício também é fundamental, assim como a regulagem correta da posição das bicicletas e o acompanhamento físico dos professores.

O treinamento pode variar entre 30 minutos e duas horas, dependendo do nível de condicionamento físico dos alunos. Cada aula queima, em média, 600 calorias. Além de emagrecer e melhorar o fôlego, enrijece pernas e bumbum. E o abdômen também se fortalece para sustentar o corpo na postura correta.

Dicas importantes:
• É essencial controlar a freqüência cardíaca para medir o esforço durante o exercício;
Identifique a sua zona de freqüência cardíaca de treinamento e respeite-a, pois podem existir diferentes níveis de condicionamento e adaptação dentro da mesma turma;
• Tenha sempre uma garrafa de água e uma toalha por perto;
• Ajuste adequadamente a altura do selim;
• Ajuste a altura do guidão;
• Ajuste o firma pé;
• Cuidado com a postura;
• Use um tênis de cano baixo e sola reforçada na parte anterior;
• Use roupas justas e confortáveis e de preferência bermudas especiais para aulas de ciclismo;
• Se for sua primeira aula, avise o professor para que ele lhe oriente;
• Faça pelo menos duas aulas por semana, para obter resultados satisfatórios;
Atenção: caso você tenha algum problema de coluna ou alguma lesão, principalmente nas pernas e joelhos, consulte o médico antes de fazer a aula.

As aulas de Spinning são divertidas e simples após a fase de adaptação. Experimente! Você vai adorar.
 

 


Gostou?

Então compartilhe isso com seus amigos!!!

  • E-mail
  • Twitter
  • Facebook
  • Orkut

Comentários para este post

    Nenhum comentário para esta matéria, seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário.



(Não será publicado)


Campos com * são obrigatórios

Colunistas

Ver todos...

Acesse nossa Loja Virtual

Está no ar nossa loja virtual, com produtos e artigos esportivos voltados para o público feminino.

Assine nossa Newsletter

Esporte Mulher - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Arara Azul